Sociedade | 18-09-2010 09:32

Projecto inovador para aumentar segurança no mundo rural

O ministro da Administração Interna defendeu o factor segurança como instrumento e factor de luta contra a desertificação em Portugal, na véspera da apresentação de um projecto-piloto no distrito de Santarém para a prevenção da criminalidade no mundo rural.O projecto-piloto, Ribatejo Seguro, apresentado este sábado na Golegã, abrange o distrito de Santarém. Em declarações à agência Lusa, Rui Pereira afirmou que o projecto "inovador" de âmbito nacional de segurança rural destina-se a "aumentar a segurança no mundo rural", sendo também "um instrumento para lutar contra a desertificação do interior do país”."Queremos elevar os patamares de segurança e da prevenção da criminalidade do mundo rural, promovendo a protecção de certos equipamentos que se encontram no interior do país e são apetecíveis em termos de furtos, através do lançamento de programas de vídeo vigilância, de georeferenciação e de programas específicos de patrulhamento através das forças de segurança", vincou.Rui Pereira adiantou que o projecto de segurança rural, desenvolvido numa parceria entre ministérios da Administração Interna e Agricultura, forças de segurança, EDP e associações de agricultores, vai ser lançado no distrito de Santarém como "experiência piloto para depois estendê-lo a outros pontos do país”.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1352
    24-05-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1352
    24-05-2018
    Capa Vale Tejo