Sociedade | 21-09-2010 13:18

Preço da água pode aumentar em Rio Maior

O vice-presidente da Câmara de Rio Maior, Carlos Frazão (PSD), alertou na reunião do executivo municipal de dia 12 que a autarquia terá de pensar em fazer uma actualização do preço de água. O autarca justifica essa possibilidade com o cada vez maior aumento do custo com o abastecimento de água e com o défice anual do sistema de saneamento básico, na ordem dos 250 euros.Carlos Frazão informou que à medida que a Águas do Oeste tem feito entregas de água em alta em diversos locais a factura dos custos com água tem vindo a disparar e a receita não. Em 2008 a despesa com água foi de 470 mil euros, 600 mil euros em 2009, 712 mil euros previstos em 2010 e 820 mil euros previstos em 2011. “O saneamento tem tido um custo constante, entre os 500 mil e 600 mil euros, com um défice anual de 250 mil euros porque muita gente ainda não fez ligações à rede, umas por problemas nas fossas, outras porque a Águas do Oeste têm em atraso algumas obras que deviam ter feito há cinco ou seis anos. É um alerta que fica para se pensar numa actualização de preços, sobretudo no preço da água que começa a ser insuportável”, assinalou Caros Frazão.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo