Sociedade | 25-09-2010 00:13

Mercado provisório de Tomar em tenda sem data de arranque

A Câmara Municipal de Tomar ainda não sabe quando entra em funcionamento a tenda montada no exterior do recinto do mercado municipal que vai abarcar os 54 feirantes que vendiam diariamente no edifício, encerrado pela Autoridade Segurança Alimentar e Económica (ASAE) no dia 1 de Julho, devido a várias infracções detectadas pelos inspectores. O assunto voltou a estar em cima da mesa na reunião de câmara que se realizou na quinta-feira, 23 de Setembro, ocasião em que a vereadora Graça Costa, do grupo “Independentes por Tomar” lembrou que o mercado foi encerrado há quase três meses, tendo pedido esclarecimentos em relação ao processo, A resposta foi dada pelo vice-presidente da autarquia, Carlos Carrão (PSD), que também assume o pelouro das feiras e mercados. “Mesmo provisório tem que ter as condições todas do ponto de vista funcional, de higiene ou legal. Grave seria acelerar o processo e sermos confrontados, no dia da abertura, com esta ou aquela irregularidade”, frisou, referindo que a abertura da tenda está ainda dependente da questão do fornecimento da energia eléctrica, que ainda não foi realizada. Notícia desenvolvida na próxima edição

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo