Sociedade | 27-09-2010 15:20

Rio Maior fixa derrama em um por cento para empresas com volume de negócios até 150 mil euros

A Câmara de Rio Maior e a assembleia municipal aprovaram uma redução da taxa da derrama para o ano de 2011 para um por cento que beneficia as empresas do concelho com volume de negócios até 150 mil euros. As restantes empresas vão pagar 1,4 por cento sobre o seu lucro tributável, a mesma percentagem de 2010.A medida visa criar uma política fiscal que reconheça as dificuldades por que passam as empresas, interpretar o cenário de crise e auxiliar as micro e pequenas empresas, apesar de ser um passo atrás em termos de receita municipal, informou a presidente da câmara, Isaura Morais (PSD). A proposta mereceu elogios do PS, com Cristina Figueiredo e Silva a considerar que a taxa reduzida é pertinente e abrange um grande número de empresas do concelho. A derrama taxa o lucro tributável das empresas e representou uma receita de 530.721 euros em 2007. Em 2008 o município arrecadou 680.537 euros, enquanto em 2009 recebeu 769.519 euros. Segundo os últimos dados de 2010, a taxa da derrama obtida é até à data de 480.607 euros.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo