Sociedade | 28-09-2010 00:09

Vandalismo e assalto causam apreensão em Tomar

Um ecoponto composto por embalão, papelão, vidrão e pilhão, ardeu por completo na madrugada de segunda-feira, 27 de Setembro, na Rua Voluntários da República em Tomar causando um prejuízo na ordem dos 1530 euros aos cofres da autarquia. O alarme foi dado aos Bombeiros Municipais de Tomar cerca das duas horas da madrugada, não estando excluída a hipótese de que este terá sido um acto intencional. Aliás, é a segunda incidência do género com este tipo de equipamento, tendo o primeiro ecoponto ardido a 19 de Junho na freguesia de Casais, igualmente de madrugada. O equipamento foi substituído pelos serviços camarários ainda durante a manhã mas este não foi o único indício de actos de vandalismo durante o último fim-de-semana na cidade, onde se contam alguns sinais de trânsito dobrados e vasos de flores danificados. Para além disto, as autoridades registaram ainda um assalto à loja de acessórios de moda “Rosa dos Ventos”, situada na Rua Infantaria, junto ao Cine-Teatro, em Tomar, ocorrido na madrugada de sexta-feira, 24 de Setembro. De acordo com o apurado, fazendo-se transportar em duas carrinhas, quatro indivíduos partiram a montra da loja, que apenas vende artigos de marcas conceituadas, e roubaram 90 por cento de artigos pertencentes à nova colecção. O alarme disparou pelas 04h53 da manhã mas quando a polícia chegou ao local já não encontrou os autores do furto. O proprietário do estabelecimento, Joaquim Antunes, não conseguiu calcular o prejuízo causado. O caso passou a ser investigado pela Brigada de Investigação Criminal. O MIRANTE tentou obter mais esclarecimentos junto do comandante da PSP de Tomar, Gonçalo Simões, sobre estas e outras ocorrências mas não foi possível.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1351
    16-05-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1351
    16-05-2018
    Capa Médio Tejo