Sociedade | 03-12-2010

Unidade de Cuidados Continuados arranca este mês

A freguesia do Forte da Casa vai ter a primeira Unidade de Cuidados Continuados do concelho de Vila Franca de Xira com capacidade para 50 camas, informou o presidente do Instituto de Apoio à Comunidade.O projecto é do Instituto de Apoio à Comunidade (IAC) e representa um investimento de cerca de 3 milhões de euros. “Já está tudo aprovado e a obra vai arrancar este mês de Dezembro”, explicou o presidente da instituição, que é também presidente da junta de freguesia, António José Inácio. O IAC apresentou candidatura ao Programa Operacional de Potencial Humano (POPH) e conseguiu financiamento, sendo que o Estado vai comparticipar a obra em cerca de 750 mil euros, a Câmara Municipal de Vila Franca de Xira em 500 mil euros enquanto o restante será suportado pela instituição.Para António José Inácio existe um défice muito grande no distrito e no concelho de Vila Franca de Xira ao nível dos cuidados continuados. "Esta unidade vai libertar muitas camas que estão nos corredores dos hospitais e permite a qualquer cidadão aceder a ela", acrescentou, realçando que foi estabelecido um protocolo com a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARS), que fica responsável por 48 camas, estando as outras duas destinadas ao IAC.A futura Unidade de Cuidados Continuados será construída em terrenos localizados em frente à Igreja do Forte da Casa, cedidos há alguns anos pela câmara vilafranquense ao IAC, e deverá estar concluída até Dezembro de 2011.Ao mesmo tempo, a instituição pretende criar, nas imediações da unidade de continuados, um hotel para seniores, com serviços de centro de dia e apoio domiciliário. “Será um equipamento muito moderno e com ajustamentos para além do que é exigido por lei”, referiu António José Inácio, adiantando que as obras deverão decorrer ao mesmo tempo.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Médio Tejo