Sociedade | 09-12-2010 08:05

Rua da Póvoa que foi cortada ao trânsito é ocupada por carros dos trabalhadores da obra

Um troço da Rua 5 de Outubro, na Póvoa de Santa Iria, na zona antiga da cidade, perto da estação de comboios, concelho de Vila Franca de Xira, está cortado ao trânsito desde que se iniciaram as obras de construção de um edifício de habitação na zona em Maio último. Comerciantes e cidadãos contestam a forma como foi feito o corte da via - que neste momento serve apenas para estacionamento dos veículos dos trabalhadores das obras já que ao fim do dia de trabalho o espaço fica livre e o trânsito flui normalmente. “Tentámos sensibilizar o construtor que permite que a rua esteja aberta sempre que possível. Não prejudica o trânsito porque os condutores têm outras alternativas. A rua teve de ser fechada por uma questão de segurança e também para as próprias máquinas das obras poderem trabalhar”, diz o presidente da Junta de Freguesia da Póvoa de Santa Iria, Jorge Ribeiro.Sandra Araújo, funcionária de um mini-mercado, diz que já teve uma grande quebra no negócio: “Já é difícil estacionar na zona, agora imagine com uma das ruas principais da Póvoa cortada ao trânsito. Temos clientes que pura e simplesmente deixaram de cá vir porque não têm onde estacionar os carros. Se as pessoas não encontram aqui então vão-se embora”. Noticia desenvolvida na próxima edição impressa de O MIRANTE

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Médio Tejo