Sociedade | 09-12-2010 08:02

Tornado provocou cerca de 12 milhões de euros de prejuízos

Os prejuízos causados pelo tornado, que na terça-feira atingiu os concelhos de Tomar e Ferreira do Zêzere, foram contabilizados em cerca de 12 milhões de euros pelo vereador da Protecção Civil na Câmara Municipal Tomar, Luís Ferreira e pelo presidente da Câmara Municipal de Ferreira do Zêzere, Jacinto Lopes.Em Tomar os prejuízos estimam-se em cerca de 9,4 milhões de euros. “Trata-se de uma primeira estimativa do município de Tomar, que foi feita a pedido do ministro da Administração Interna, para ser analisada em Conselho de Ministros”, explicou Luís Ferreira, admitindo que “está sujeita a alterações, como qualquer estimativa, mas não andará muito longe da realidade”.Por sua vez o presidente da Câmara Municipal de Ferreira do Zêzere, Jacinto Lopes estimou em 2,5 milhões de euros os prejuízos causados pelo tornado no seu concelho. “É uma estimativa que será muito realista”, disse Jacinto Lopes, que enviou ao final do dia de quarta-feira, o documento para o Governo Civil de Santarém. Documentos que esta quinta-feira serão presentes à habitual reunião do Conselho de Ministros.Jacinto Lopes adiantou que cerca de 180 casas foram danificadas pela intempérie, mas nenhuma ficou “totalmente destruída”. O autarca esclareceu que das famílias desalojadas apenas a uma foi dada transitoriamente uma habitação, um apartamento do município, referindo que outras terão conseguido resolver a situação através de familiares e amigos.O levantamento efectuado resulta de um pedido do ministro da Administração Interna, Rui Pereira que, acompanhado pelo secretário de Estado da Protecção Civil, se inteirou dos danos causados pelo tornado nos concelhos de Ferreira de Zêzere, Tomar e Sertã.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Médio Tejo