Sociedade | 10-12-2010 15:19

Clube de Leitores O MIRANTE e Caixa Agrícola dão prenda de Natal à Família de Foros de Salvaterra

A administração de O MIRANTE, em colaboração com a Caixa de Crédito Agrícola de Salvaterra de Magos, vai abrir esta tarde uma conta bancária em nome da família de Foros de Salvaterra cujos filhos menores estiveram numa instituição durante um ano e oito meses, por iniciativa da Comissão de Protecção de Crianças e Jovens, situação que mereceu fortes críticas da população.Os 1500 euros que vão ser depositados para a abertura da conta resultam de receitas do Clube de Leitores de O MIRANTE e de uma participação da instituição bancária. Oportunamente será divulgado o número da conta para que, quem estiver interessado, possa ajudar a família.Recorde-se que os menores Tatiana, Filipe e Soraia foram retirados à família, pela GNR, a 20 de Junho de 2008, a meio da noite – situação pouco vulgar em casos do género – e apesar da população se ter solidarizado com os pais e construído uma casa nova para a família habitar – dado que a falta de condições de habitabilidade era um dos motivos alegados para a retirada das crianças - a devolução dos menores só foi concretizada a 26 de Março deste ano. Na pequena cerimónia de abertura da conta bancária, que decorre a partir das 17 horas na sede da Caixa de Crédito Agrícola de Salvaterra de Magos, vão estar presentes elementos da associação Shorinji Kempo, que dinamizou o apoio da comunidade à família, os deputados Vasco Cunha e António Campos do PSD e o ex-deputado Nuno Antão do PS, que se interessaram pelo assunto na altura em que as crianças continuavam institucionalizadas, para além da administração de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Vale Tejo