Sociedade | 22-12-2010 07:56

Motorista da Câmara de Alpiarça que atropelou colega responde por homicídio por negligência

O condutor do camião de recolha de lixo da Câmara de Alpiarça que em 2008 atropelou mortalmente uma colega funcionária da autarquia, que seguia de bicicleta para o trabalho, conduzia sem a atenção que devia ter, segundo o entendimento do Ministério Público, que acusa o motorista de 44 anos de um crime de homicídio por negligência. O caso está a ser julgado no Tribunal de Almeirim. No entender do Ministério Público, o arguido actuou com falta de previdência. E incorre numa pena que pode ser de multa ou de prisão até três anos. Pode ainda ser proibido de conduzir por um período entre três meses e três anos. O acidente ocorreu no dia 22 de Abril de 2008 por volta das 07h30 na zona de Casal Cambique, na localidade de Casalinho, concelho de Alpiarça. Na altura Maria Adélia Rosa, com 29 anos, estava a acabar de ultrapassar o veículo do lixo que estava parado a recolher um contentor. Mas o camião arrancou repentinamente e bateu na bicicleta. A vítima caiu ao chão e morreu esmagada pela roda do camião. NOTÍCIA DESENVOLVIDA NA EDIÇÃO SEMANAL EM PAPEL

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Médio Tejo