Sociedade | 29-12-2010 07:13

Câmara deixa de pagar conta de telefone a médicos cubanos em Alpiarça

A Câmara Municipal de Alpiarça deixou de pagar a totalidade da conta do telefone aos médicos cubanos que exercem funções no Centro de Saúde da vila. Em causa está o facto de os médicos gastarem “mais dinheiro em telefone do que o valor da renda da casa”, cerca de 350 euros. Como o valor das facturas telefónicas estava a ser “muito elevado”, o executivo municipal enviou uma carta aos dois médicos – que partilham a mesma casa – a informar que só pagavam a factura das comunicações até ao valor de cem euros. Cabe aos médicos pagarem o resto das despesas que fizerem com o telefone. A autarquia continua a assegurar o pagamento da renda da casa, luz, água e gás. A minuta do contrato de arrendamento e comodato que foi aprovada por unanimidade em Dezembro de 2009 foi renovada. O presidente da autarquia, Mário Pereira (CDU), explicou na altura a O MIRANTE que o Agrupamento de Centros de Saúde da Lezíria II não podia suportar as despesas dos médicos uma vez que existem quatro dezenas de médicos cubanos em vários centros de saúde do país. Recorde-se que, como O MIRANTE noticiou (ver edição 27-08-2009), a vinda de dois médicos cubanos para Alpiarça causou polémica um mês antes das eleições legislativas.A candidata à presidência da Câmara de Alpiarça pelo PS, Sónia Sanfona, teve acesso a informação privilegiada no caso da contratação de médicos para o centro de saúde local. E utilizou essa informação em benefício da sua candidatura quando anunciou no dia 1 de Agosto que conseguiu “assegurar a contratação de médicos para reforçar os efectivos do Centro de Saúde local”, garantindo que os mesmos iniciavam funções nesse mês. Uma situação que configura uma violação da Lei Eleitoral dos Órgãos das Autarquias Locais, que no seu artigo 41º diz que os órgãos de Estado e entidades públicas não podem praticar actos que de algum modo favoreçam ou prejudiquem uma candidatura.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Vale Tejo