Sociedade | 30-12-2010 08:18

Estalagem Vale Manso reabre na passagem de ano

A Estalagem Vale Manso, unidade hoteleira de cinco estrelas situada junto à barragem de Castelo do Bode, em Abrantes, reabre ao público na noite de passagem de ano após um investimento de 1,5 milhões de euros.Encerrada desde Fevereiro de 2009 depois de ter entrado em processo de insolvência, a venda da estalagem decorreu de um leilão realizado no passado mês de Julho para pagamento de dívidas tendo a proposta mais alta sido a de um milhão e 250 mil euros, apresentada pela empresa Segredos de Aldeia, empresa que explora ainda a praia fluvial de Aldeia do Mato, também em Abrantes.Esta venda em hasta pública incluiu o imóvel de 22 quartos e duas suites, com todo o mobiliário, tendo a responsável pela empresa Segredos de Aldeia, Isabel Coimbra, afirmado que a unidade hoteleira “está pronta e com lotação esgotada” para a reabertura, sexta-feira, dia 31 de Dezembro."Um investimento de 1,25 milhões de euros para a aquisição da Estalagem a que se juntam mais 250 mil euros para as obras de recuperação e modernização da estalagem", explicou.Isabel Coimbra disse ainda que a inauguração vai ser assinalada durante a festa de passagem do ano 2010/2011 com a lotação de 120 pessoas “esgotadíssima”.“Em apenas dois dias esgotámos a capacidade de resposta”, frisou a responsável, tendo adiantado que as reservas são na sua maioria provenientes de Lisboa, Porto, Tomar e Abrantes. O nome da estalagem, que vai empregar 15 pessoas numa primeira fase, vai mudar para “Hotel Segredos do Vale Manso” assim como a qualificação posicional da estalagem, que passará de 5 para 4 estrelas.“O nosso público alvo é a classe média, com oferta de um turismo de qualidade mas “low-cost”, com preços à medida dos serviços consumidos pelo cliente”, disse a empresária que acrescentou que, além do alojamento em contexto de turismo rural e de natureza, a empresa apostará na promoção de actividades como a canoagem, passeios de jangada com skipper, motas 4x4 e passeios BTT - de lazer, ou o contacto com o cavalo Lusitano e o burro.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Médio Tejo