Sociedade | 31-12-2010 08:14

Dívida da Câmara da Golegã diminui mais de 900 mil euros em seis meses

O presidente da Câmara da Golegã, Veiga Maltez (PS), congratulou-se com o facto da dívida da autarquia ter diminuído mais de 900 mil euros em seis meses. Os eleitos do PS na assembleia municipal elogiaram o orçamento “que apresenta o rigor e criatividade de parcerias necessárias para fomentar o desenvolvimento do concelho e o bem-estar da sua população”.Mas isso não chegou para “adormecer” ou convencer a oposição, que não votou os documentos favoravelmente. Os elementos do PSD, GIGA e CDS votaram contra e o elemento da CDU absteve-se.Os três documentos, Grandes Opções do Plano, Orçamento e Mapa de Pessoal foram colocados à votação em grupo. Situação que foi contestada pelo eleito do GIGA, Lúcio Oliveira, que garantiu compreender as opções do plano: “Contém prioridades que não são as nossas e tem obras com dotações irrisórias. Concordamos com algumas delas, mas também não acreditamos que a maior parte delas não passem de meras intenções”.Mas a discordância que levou os eleitos do GIGA a votar contra foi o Mapa do Pessoal. “Este mapa, traduz um aumento substancial e desnecessário de pessoal a nomear para apoiar a classe política. Entendemos que é um mapa de clientelismo político, não faz qualquer sentido que um concelho com apenas duas freguesias e cerca de 5.800 habitantes disponibilize ao presidente da câmara: um chefe de gabinete, um adjunto e um secretário. E aos vereadores a tempo inteiro, um secretário a cada um”.O PSD votou contra porque na sua opinião o orçamento continua a reflectir a visão socialista para o concelho. “Não aposta na juventude, não identifica com rigor e transparência as rubricas de despesas. Este orçamento pouco ou nada difere dos anteriores. O que é estranho dada a situação absolutamente excepcional que assola o país e subjuga as famílias. Realça-se pela negativa a ameaça de aumento da receita corrente por via das taxas suportadas pelos munícipes”.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Médio Tejo