Sociedade | 10-07-2011 01:14

População de Vale Figueira contesta redução de horário de funcionamento de passagem de nível

Cerca de cinquenta moradores da zona sul de Vale Figueira, Santarém, concentraram-se na tarde de quinta-feira, 7 de Julho, junto à Passagem de nível da Juncaleira, protestando contra a intenção da REFER em reduzir o horário de funcionamento desta passagem de nível (P.N) localizada ao quilómetro 83.224. A acção foi organizada pela Comissão Concelhia de Santarém do Partido Comunista Português (PCP) e contou com a presença do deputado da Assembleia da República (AR), António Filipe que prometeu fazer uma pergunta escrita à Secretaria de Estado que tutela a REFER, através do Grupo Parlamentar do PCP na AR sobre a questão. “É a liberdade de circulação das pessoas que está em causa. Não se podem dividir populações só porque a REFER não quer gastar dinheiro”, exclamou o deputado. Actualmente o trânsito está impedido de atravessar a via entre as 00h00 e as 06h00 mas a REFER pretende, em virtude da reforma de uma das funcionárias e com o argumento de que não pode fazer novas contratações, encerrar a passagem de nível das 22h00 às 06h00 e durante todos os sábados e domingos. A Junta de Freguesia de Vale Figueira, liderada por Manuel Cordeiro, reúne-se em assembleia extraordinária no dia 15 de Julho para discutir este assunto e indicar à REFER um conjunto de horários alternativos mas o que autarcas e populares pretendiam é que tudo ficasse tal como está ou que fossem colocadas cancelas automáticas.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1351
    16-05-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1351
    16-05-2018
    Capa Médio Tejo