Sociedade | 12-07-2011 13:19

Nome de Pedro Lamy para escola de trânsito do Entroncamento não reúne consenso

Na reunião do executivo municipal do Entroncamento, realizada dia 5 de Julho, foi discutida uma proposta da maioria PSD, para a atribuição do nome do piloto à Escola de Segurança Rodoviária, que começou a funcionar no dia 1 de Junho (Dia Mundial da Criança). Face a objecções levantadas pelos vereadores da oposição, Carlos Marias do BE e Alexandre Zagalo e Henrique Cunha do PS, acabaria por ser retirada "para ser reanalisada". Na reunião não estivam presentes João Fanha e João Canaverde do PSD, o que, no caso de ter havido votação, faria com que a proposta fosse reprovada. A vereadora Paula Costa (PSD) explicou que tinha havido um contacto prévio com Pedro Lamy, uma vez que considerava incorrecto fazer a proposta para dar o seu nome à escola sem o seu prévio consentimento. Disse ainda que a ideia tinha sido recebida com "entusiasmo". Justificou a escolha com o facto de se tratar de uma pessoa jovem, simpática e com currículo no desporto automóvel, o que poderia potenciar o interesse das crianças pela segurança rodoviária, objectivo que presidiu à construção da Escola.Contactado por O MIRANTE, Pedro Lamy disse que o seu agente lhe falara de "um assunto relativo ao Entroncamento" mas que não se recordava de pormenores. (Notícia desenvolvida na edição em papel de dia 14 de Julho)

Mais Notícias

    A carregar...