Sociedade | 13-07-2011 00:01

Acidente com ambulância dos Bombeiros de Almeirim provoca ferimentos em doente

Uma doente transportada pelos Bombeiros Voluntários de Almeirim ficou ferida na sequência de um acidente num cruzamento no centro da cidade. Um condutor com cerca de 80 anos não parou no sinal de Stop e abalroou a ambulância da corporação que seguia para o Hospital de Santarém no cruzamento da rua Dionísio Saraiva com a Rua Bernardo Gonçalves. Na sequência do embate a doente ficou com um braço partido e teve lesões na cabeça. Segundo o comando dos bombeiros, a ambulância assinalava a marcha com os sinais luminosos mas na altura não usava os sinais sonoros até porque ia a uma velocidade reduzida atendendo a que no início da Rua Dionísio Saraiva existe uma passadeira elevada. A pessoa que ia na ambulância, uma mulher, era vítima de doença súbita. O veículo ligeiro de passageiros ao bater na ambulância fez com que esta resvalasse e embatesse nos marcos metálicos que separam a faixa de rodagem do passeio. Do acidente ficou também ferida uma bombeira, com algumas escoriações que não inspiravam cuidados tendo esta optado por não ser assistida no hospital. A doente teve que ser transferida para outra ambulância da corporação que a levou ao hospital. No local esteve uma patrulha da GNR, que tomou conta da ocorrência, o vereador da Protecção Civil, Pedro Ribeiro, e o comandante do corpo de bombeiros, Jorge Costa.A ambulância de socorro que tem cerca de três anos e foi oferecida à corporação por uma empresa ficou inoperacional e está no quartel a aguardar uma peritagem da companhia de seguros e a ordem para reparação. Os estragos da viatura são sobretudo no eixo traseiro. Esta situação provocou uma diminuição na capacidade de resposta às emergências médicas do corpo de bombeiros.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1352
    24-05-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1352
    24-05-2018
    Capa Vale Tejo