Sociedade | 21-07-2011 08:13

Barquinha investe 200 mil euros para reduzir níveis de consumo de energia em 40 por cento

Um investimento de 200 mil euros num projecto de iluminação pública com base na tecnologia LED vai reduzir os níveis de consumo de energia em 40 por cento no concelho de Vila nova da Barquinha, anunciou a autarquia.Com 57 candeeiros servidos por duas iluminárias cada, a uma altura de seis metros, o projecto foi implementado numa artéria com cerca de 1,5 quilómetros de extensão e integra-se na remodelação e transformação em arruamento da Estrada Nacional 3, actualmente em curso em Vila Nova da Barquinha.O vereador com o pelouro do Urbanismo, Rui Constantino, disse que a iluminação obtida através do novo sistema “resulta muito bem”, afirmando que o investimento de 200 mil euros começará a ter retorno dentro de cinco a oito anos.“A redução na facturação trimestral do município será na ordem dos 40 por cento”, assegurou, observando que a intervenção foi concebida pelos serviços da autarquia, sendo “alvo de estudo e maturação” durante cerca de um ano.“A qualidade da luz emitida é superior à das lâmpadas convencionais, pois tem um comprimento de onda com espectro mais distribuído, observando-se uma boa dispersão de luz, em cor branca e suave”, ilustrou.Segundo o mesmo responsável, o tempo de vida útil das novas lâmpadas poderá atingir as “50.000 horas de utilização ou mais”, ao contrário das utilizadas até agora, cujo tempo médio de duração era de 12.000 horas.“A somar a estas vantagens”, continuou, “regista-se o facto de este sistema de iluminação LED, apesar de contar com luminárias ligeiramente mais dispendiosas do que as convencionais, necessitar de colunas de suporte mais baixas e mais baratas”, significando um investimento inferior ao dos sistemas de iluminação pública até agora utilizados.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo