Sociedade | 26-07-2011 07:09

Homem encontrado morto dentro de carro submerso na Barragem do Carril

Estão por explicar as circunstâncias que levaram à morte de Humberto Pereira, 84 anos, que foi encontrado ao final da manhã de domingo, 24 de Julho, no banco traseiro do seu carro, submerso na Barragem do Carril, Tomar. Foi um praticante de BTT que ali resolveu parar para dar um mergulho a dar conta do macabro achado às autoridades, contou a O MIRANTE fonte da corporação dos Bombeiros Municipais de Tomar, que foram chamados a retirar da água o veículo de marca Mercedes e de cor verde. Já em terra firme, os Soldados da Paz confirmaram que no seu interior se encontrava o cadáver de um homem que aparentava “ter mais de setenta anos”. De acordo com o apurado junto de uma vizinha do malogrado, o octogenário, que vivia no Outeiro, freguesia da Junceira, estava desaparecido desde quarta-feira, 20 de Julho, mas ninguém estranhou a sua ausência uma vez que costumava ir visitar familiares a Lisboa ou ao Norte. Viúvo há dois meses, a última informação que prestou à família foi a de que ia a Lisboa para tratar dos papéis da reforma. No último fim-de-semana, durante a tradicional festa de Verão da Junceira, o caso foi bastante comentado até porque todos sentiam que andava um pouco mais abatido desde que enviuvara. A GNR de Tomar e a Policia Judiciária de Leiria estiveram no local. O corpo foi levado pelos bombeiros para os Serviços de Medicina Legal do Hospital de Tomar, onde foi submetido a autópsia. Aparentemente, não apresentava sinais exteriores de violência. Mas só depois da autópsia será possível à PJ concluir quais as circunstâncias em que ocorreu a morte do octogenário.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo