Sociedade | 29-07-2011 08:02

Entroncamento pode vir a ter centro de estudos politécnicos na área da ferrovia

A Escola Superior de Tecnologia de Abrantes, do Instituto Politécnico de Tomar (IPT), propôs à Câmara Municipal do Entroncamento a criação de um pólo daquela instituição na cidade para criação de uma nova oferta de estudos na área dos caminhos de ferro.A ser criado, o Centro de Estudos Politécnicos do Entroncamento irá proporcionar formação, em cursos de especialização tecnológica (CET) e pós graduação, na área da indústria ferroviária.Em comunicado, a autarquia refere que o IPT pretende estabelecer ligação com a REFER e a EMEF (Empresa de Manutenção de Equipamento Ferroviário), nomeadamente através da constituição de um grupo consultivo de técnicos superiores das duas empresas e garantia de estágios profissionais.O projecto prevê ainda a criação de uma Academia IPT para selecção de alunos do ensino secundário da região, que se propõe preparar para o ensino superior, através de práticas laboratoriais, prevendo bolsas de estudo para os melhores e os que revelem aptidões excepcionais.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1351
    16-05-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1351
    16-05-2018
    Capa Médio Tejo