Sociedade | 31-07-2011 00:00

Câmara oferece carne e peixe a famílias carenciadas

A Câmara Municipal de Azambuja vai começar a oferecer bens alimentares às famílias do concelho de estratos sociais mais desfavorecidos numa iniciativa que resulta de um protocolo entre a autarquia e estabelecimentos de comércio local.“Com o aprofundar da crise são as famílias carenciadas as mais atingidas, por isso decidimos avançar com este processo de apoio naquilo que é mais básico, que é a alimentação”, explicou o presidente da autarquia, Joaquim Ramos.O autarca salientou que já existe um apoio, em termos de produtos alimentares, concedido pelas várias superfícies comerciais do concelho, através das instituições particulares de solidariedade social, “mas faltava a carne e o peixe”.“Fizemos um estudo que determinou as quantidades de carne e peixe que cada pessoa deve consumir e estabelecemos protocolo com o comércio para que as famílias possam levantar a carne e peixe necessário”, realçou.As famílias serão avaliadas e seleccionadas pelos serviços de Acção Social do município e, se reunirem as condições exigidas, têm acesso a vales de produtos alimentares a descontar em estabelecimentos comerciais que vendem carne e peixe.Os bens alimentares serão pagos depois mensalmente pela câmara municipal aos estabelecimentos aderentes. A autarquia não tem ainda os valores exactos que irá gastar com esta iniciativa. “O processo abre com as candidaturas das famílias e é em função delas que o programa se desenvolverá”, explicou o autarca.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo