Sociedade | 01-12-2011 00:51

Piscinas do Complexo Desportivo de Tomar aquecidas com energia solar térmica

O aquecimento da água no Complexo Desportivo de Tomar, onde funcionam as piscinas municipais, vai passar a ser feito através de energia solar térmica. A intenção foi aprovada, por unanimidade, na reunião de executivo camarário de 17 de Novembro. A obra tem um valor de 207.500 euros mas integra uma candidatura, apresentada pelo Município ao Programa “Tomar Natural”, aprovada no âmbito do Mais Centro, do Quadro Referência Estratégica Nacional (QREN) que pode ir até aos 70-80%. "Assim sendo, a câmara apoia o seu financiamento em cerca de 60 mil euros”, explicou o vereador Carlos Carrão (PSD), que tem o pelouro dos equipamentos municipais. Os vereadores “Independentes por Tomar”, concordaram com a decisão mas não deixaram de lamentar que, aquando da construção de novos equipamentos municipais, principalmente os desportivos, não tivesse sido equacionada a utilização de energias renováveis. O prazo para execução da instalação dos painéis solares, na área ajardinada do complexo das piscinas, é de 60 dias e obriga à realização de obras de construção civil, cujo projecto foi elaborado no Departamento de Obras Municipais (DOM). Sobre este último ponto, os independentes alertaram que, segundo a referida informação, terão de ser abatidos oito pinheiros, entendendo Graça Costa e Pedro Marques que “se deverá diligenciar a sua implantação noutro local adequado”.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo