Sociedade | 03-12-2011 01:05

Empresa municipal de Santarém adjudica revista promocional por 125 mil euros

A empresa municipal de Santarém CUL.TUR vai mandar imprimir 100 mil exemplares de uma revista com informação cultural e turística sobre o concelho por 125 mil euros, valor que é comparticipado em 80 por cento por fundos comunitários. Esse ajuste directo à empresa Bifestus Lda., com sede em Videla, próximo de Alcanena, está mencionado no portal dos contratos públicos online (em ) como um contrato para impressão de 100 mil folhetos o que causou estranheza e mereceu menção em alguma imprensa nacional, caso do Correio da Manhã.O administrador executivo da CUL.TUR, José Valentim, admite que a descrição lançada no portal dos ajustes directos na Internet pode levar a mal-entendidos, explicando que o que está em causa, por esse montante, não é a impressão de 100 mil exemplares de folhetos mas sim de uma revista de 56 páginas, incluindo todos os conteúdos em termos de textos e fotografias e traduções para espanhol e inglês.Questionado por O MIRANTE se não acha essa soma avultada para os tempos que correm, José Valentim referiu que essa revista é financiada por fundos europeus e vai condensar a informação de todos os folhetos promocionais existentes nos monumentos da cidade, servindo ainda para dar informações úteis aos visitantes sobre a história da cidade, locais de alojamento e restauração, entre outros. A elevada quantidade de exemplares prevista, que será dividida por duas impressões de 50 mil cada, é explicada pela intenção de distribuir essa publicação também em feiras de turismo e de urbanismo, para além dos monumentos e posto de turismo da cidade.* Notícia na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1369
    20-09-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1369
    20-09-2018
    Edição Vale Tejo