Sociedade | 08-12-2011 13:06

Portagem da A23 entre o nó da A1 em Torres Novas e as Mouriscas custa 4,40 euros

O percurso de toda a auto-estrada da Beira Interior (A23), da Guarda a Torres Novas (214,5 quilómetros), vai custar 19,30 euros em portagens para a classe 1 a partir de amanhã, 8 de Dezembro. A viagem vai custar nove cêntimos por quilómetro, dois cêntimos a mais do que na auto-estrada entre Lisboa e Porto (A1), onde os 271 quilómetros entre as portagens de Alverca e Grijó custam 19,95 euros.Haverá isenção para as 10 primeiras viagens de cada mês para cidadãos e empresas locais. A isenção "não abrange apenas a passagem por 10 pórticos", como refere o diploma publicado em Diário da República na segunda-feira, "mas sim 10 viagens, que podem abranger mais do que um pórtico da auto-estrada", disse fonte da ::: à agência Lusa. A partir do momento em que uma viatura passa por um pórtico, o sistema informático calcula o tempo máximo que pode demorar até passar pelos seguintes para os englobar na mesma viagem, "sendo previstas paragens de meia hora por cada estação de serviço".Os preços a cobrar nos pórticos da A23 instalados no Distrito de Santarém, para a classe 1, são os seguintes (os valores para as classes 2, 3 e 4 multiplicam por 1,75, por 2,25 e por 2,5, respectivamente): A1 - Entroncamento: 1,20 euros; Entroncamento - Constância Oeste: 1,10 euros; Constância Oeste - Abrantes Oeste: 1,00 euros; Abrantes Oeste - Mouriscas: 1,10 euros. Até ao nó de gardete há mais dois pagamentos: Mouriscas - Gavião: 1,30 euros e Gavião - Gardete: 1,25 euros.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo