Sociedade | 09-12-2011 00:18

Criar pássaros para vender é um bom negócio em tempo de crise

No actual cenário de crise económica a criação e venda de pássaros é uma boa maneira de ganhar algum rendimento extra. Quem o garante é Pedro Fonseca, dirigente do GOV - Grupo Ornitológico de Vialonga, que este ano voltou a organizar, com o apoio do congénere de Peniche, mais uma exposição internacional "Avixira" no Pavilhão do Cevadeiro em Vila Franca de Xira."Há muita gente a ganhar bom dinheiro com os pássaros. Mais do que um hobby e um vício isto é também uma forma de fazer negócio", conta a O MIRANTE Pedro Fonseca. "Temos aqui alguns pássaros que valem entre os 600 e os 1500 euros, como as araras", exemplifica. A Avixira tem sido, nos últimos anos, um palco privilegiado para o negócio. Roberto Pedro e Alfredo Cunha, dois visitantes da feira, discutem o melhor preço para um canário. "Estava a ver se ele mo vendia por 80 euros. Adoro pássaros e adoro estar neste ambiente. O que me entristece é que apesar da crise os preços descem pouco", lamenta Roberto. O vendedor, Alfredo, garante que não pode descer dos 100 euros. "Não é um valor alto por um pássaro, este já ganhou vários concursos e tenho aqui os comprovativos", refere.A maioria dos expositores garante que o negócio das aves canoras e ornamentais continua a ser vantajoso e é para muitos uma boa ajuda no reforço do rendimento mensal. "Gasto por mês uns 50 euros a criar pássaros e já tenho uns 40", acrescenta Pedro Fonseca.* Reportagem completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo