Sociedade | 13-12-2011 00:24

Comerciantes de Ourém querem mais estacionamento e melhor circulação rodoviária

Os comerciantes e lojistas da zona central de Ourém reuniram-se com a Associação Empresarial Ourém-Fátima (ACISO) para debater a contínua perda de actividade comercial do centro histórico da cidade. A falta de estacionamento e as dificuldades de circulação são apontadas como as principais contingências ao negócio. A reunião foi organizada pela ACISO, com o objectivo de verificar no terreno quais os principais problemas dos lojistas e comerciantes daquela área e encontrar soluções para a quebra da actividade comercial. A falta de estacionamento, os constrangimentos existentes ao nível da circulação automóvel, a dificuldade e inexistência de locais destinados a apoiar as operações de carga / descarga e alguma degradação e falta de conservação do local constituem, na opinião dos comerciantes, situações que importa solucionar e que têm contribuído para a perda de negócio. Em forma de solução, os comerciantes sugeriram a "reabertura" à circulação e utilização do automóvel no centro histórico e a criação de mais estacionamento. Deram ainda a ideia da instalação de um sistema de sinalização, com visibilidade a partir Avenida D. Nuno Álvares Pereira (principal via que atravessa a cidade), que possa indicar a existência de uma zona central mais antiga da cidade onde se encontram instalados diversos estabelecimentos e operadores comerciais.Do encontro saiu um documento com todas estas questões, que a ACISO se comprometeu a fazer chegar ao presidente da Câmara Municipal de Ourém.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo