Sociedade | 14-12-2011 13:11

Médica acusada de agredir doente durante consulta no SAP de Benavente

Uma médica do Serviço de Atendimento Permanente do Centro de Saúde de Benavente terá alegadamente agredido uma utente no dia 6 de Dezembro. Maria Odete Taneca, de 60 anos, ficou com nódoas negras no braço e apresentou uma queixa no livro de reclamações. A directora do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) da Lezíria, Luísa Portugal, ainda não recebeu a queixa mas garante que vai ser promovida a audição entre as duas intervenientes para saber o que aconteceu. A médica, questionada sobre o assunto, remete-se ao silêncio.Já tinham passado cinco dias desde o incidente, quando O MIRANTE esteve com Maria Odete Taneca, mas as nódoas negras ainda permaneciam no braço. Recorde-se que há uns meses, o atendimento dos médicos do SAP de Benavente gerou descontentamento na comunidade. Contratados por uma empresa privada, os médicos foram acusados de não terem qualidade nem especialização adequada para exercer as suas funções e de estarem a enviar doentes para casa com a indicação de beber um chá e comer uma torrada. * Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo