Sociedade | 16-12-2011

Antigas alunas do Colégio de Santa Margarida homenagearam o local onde foram felizes

Viu-se alegria e emoção estampados nos rostos de muitas mulheres que se reencontraram e reconheceram ao fim de longos anos depois de uma infância e juventude passadas no Colégio de Santa Margarida, em Santarém. Cerca de 60 antigas alunas do colégio juntaram-se quinta-feira, 15 de Dezembro, na rua que lhe dá nome, para celebrar o descerramento de uma lápide alusiva ao local onde funcionou o colégio, colocada na fachada do prédio n.º 5, e homenagear a fundadora Ana Schiappa Pietra.O Colégio de Santa Margarida foi fundado por Ana Schiappa Pietra em 1917 e sempre funcionou como interno de raparigas. A neta da fundadora, Maria Ana Schiappa Pietra, juntou-se à homenagem na presença do neto, dos trinetos e do sobrinho, juntamente com dezenas de ex-alunas.Fundado em 1917, o Colégio de Santa Margarida começou por funcionar no edifício onde se situa hoje o jornal Correio do Ribatejo, entre as ruas Serpa Pinto, Luís de Camões e 16 de Março. Pelos anos 40 teria sido mudado para um edifício que ocupou grande parte da rua de Santa Margarida, com vista sobre o Tejo e a lezíria. Com o 25 de Abril de 1974 vieram alguns problemas para o colégio que terá sido encerrado em 1976.Notícia completa na próxima edição semanal de O MIRANTE

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo