Sociedade | 22-12-2011 08:57

Adiado julgamento de três homens acusados de furto qualificado adiado

O julgamento de três homens suspeitos de dezenas de furtos e roubos no Ribatejo e Algarve, que se deveria ter iniciado hoje no Tribunal de Almeirim, foi adiado para 11 de Janeiro.O adiamento deveu-se à necessidade de nomear um advogado para um dos arguidos, já que a advogada que detinha o processo adoeceu, tendo o novo mandatário pedido tempo para conhecer o processo e preparar a defesa.Os três homens, um com 34 anos e dois com 24, vão ser julgados pelo Tribunal Judicial de Almeirim pelo assalto a um café em Paço dos Negros, freguesia de Fazendas de Almeirim, em Maio último.Os indivíduos foram interceptados pela GNR pouco depois do assalto, tendo sido encontrados, na viatura em que se faziam transportar, um ecrã LCD, tabaco e quase 400 euros em dinheiro, além de um pé de cabra, luvas e uma lanterna.Em buscas domiciliárias realizadas nas casas dos arguidos, a GNR recuperou objectos que tinham sido roubados dias antes de uma residência no Chouto, Chamusca (que os proprietários usam como segunda habitação), e no kartódromo de Almeirim, de onde os assaltantes levaram um portátil, telemóveis, rádios e equipamentos completos para a prática do karting.Neste processo, os três homens, que se encontram em prisão preventiva desde Maio, enfrentam apenas uma acusação de furto qualificado pelo assalto ao café.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1369
    20-09-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1369
    20-09-2018
    Edição Vale Tejo