Sociedade | 28-12-2011 08:43

Joaquim Ramos garante que não haverá despedimentos na Câmara de Azambuja

O presidente da Câmara Municipal de Azambuja, Joaquim Ramos (PS), informou na noite de 28 de Dezembro, durante a Assembleia Municipal realizada no Pateo Valverde, que não irão haver despedimentos de funcionários na câmara que dirige.“Esta é uma matéria delicada que tem de ser sempre analisada com prudência”, disse. O autarca frisou que o que está em causa é uma “reestruturação dos serviços” imposta pelo Governo que pretende limitar os cargos de chefia nas autarquias “e nada mais”, assegurando que não é sua intenção despedir pessoal.“Esta é uma situação que, no limite, irá fazer regressar aos locais de origem alguns dos profissionais que hoje estão connosco. Três deles pertencem à câmara municipal de Lisboa”, informou. O presidente não se pronunciou, contudo, quanto à possibilidade dos contratos a prazo serem renovados. No caso de alguns técnicos das bibliotecas do concelho, recorde-se, isso não aconteceu.Recorde-se que o presidente reconheceu recentemente que a situação financeira da autarquia é delicada e disse que vai fazer uma reestruturação profunda na organização e serviços da câmara.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Médio Tejo