Sociedade | 01-03-2012 08:32

Munícipe que chamou palhaço ao presidente da assembleia municipal foi impedido de intervir

Munícipe que chamou palhaço ao presidente da assembleia municipal foi impedido de intervir
O munícipe Rui Perdigão que em 2006 chamou palhaço ao então presidente da Assembleia Municipal de Vila Franca de Xira, João Gaspar, foi impedido de intervir na última sessão daquele órgão que se realizou na noite de terça-feira, 28 de Fevereiro, em Alhandra. O arquitecto foi um dos dois munícipes a inscrever-se no final da sessão, no período reservado à intervenção do público, depois de ter aguardo três horas, mas o presidente só deu a palavra a um outro cidadão. O actual presidente da assembleia, João Quítalo, entendeu que Rui Perdigão deveria ter pedido desculpas publicamente ao anterior presidente, o que não chegou a concretizar, justificando assim a decisão de não lhe conceder a palavra. João Quítalo aconselhou Rui Perdigão a pedir os esclarecimentos sobre requalificação urbanística, tema sobre o qual pretendia intervir, em reunião de câmara.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1351
    16-05-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1351
    16-05-2018
    Capa Médio Tejo