Sociedade | 10-03-2012

Incêndio em Almeirim numa velha adega com dois mil litros de gasóleo

Um incêndio numa adega antiga perto do quartel dos bombeiros em Almeirim causou a preocupação de moradores e dos bombeiros devido à existência de um depósito com cerca de dois mil litros de gasóleo. O incêndio deflagrou cerca do meio-dia e meia deste sábado, 10 de março, e chegou a temer-se o pior devido também à existência no interior de botijas de gás doméstico e para aparelhos de soldar.O incêndio terá sido causado pela faísca de uma rebarbadora que estava a ser usada na reparação de uma carrinha todo o terreno, que estava danificada devido a um acidente no Verão passado. O bate chapas que estava a proceder à reparação da viatura acidentada não se apercebeu que a faísca tinha atingido o depósito com gasóleo agrícola e quando começou a sentir calor é que viu que a zona atrás das sua costas estava em chamas, chamando de imediato os bombeiros. Quando os bombeiros chegaram ao local depararam-se com uma enorme fumarada preta a sair do edifício de piso térreo, na rua Guiné. O enorme calor provocado pelas chamas sentia-se a mais 30 metros. Foram muitos os curiosos que acorreram ao local do incêndio. Os proprietários do imóvel estiveram no local desde início. O incêndio foi combatido pelos bombeiros voluntários de Almeirim e chegaram a ser mobilizados os municipais de santarém. As chamas foram dominadas em cerca de uma hora e não houve feridos a registar nem danos nas habitações vizinhas. Para o local chegou a ser mobilizada uma ambulância como precaução. A GNR esteve a controlar os acessos ao local e a tomar conta da ocorrência.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1352
    24-05-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1352
    24-05-2018
    Capa Vale Tejo