Sociedade | 18-03-2012 09:08

Funcionários e magistrados do Tribunal de Benavente trabalham sem as mínimas condições

O Tribunal Judicial de Benavente precisa urgentemente de uma série de reparações. O edifício está velho e os funcionários e magistrados não escondem a insatisfação perante a falta de condições de trabalho. O presidente da Câmara Municipal de Benavente, António José Ganhão, que tem ajudado ao longo dos anos com pequenas intervenções revela que a autarquia já não pode continuar a ajudar.Para ilustrar as condições em que se trabalha no tribunal de Benavente nada melhor que uma das maçanetas de uma porta da sala principal de audiências. “Há anos que a maçaneta está avariada e sempre que alguém utiliza a porta sem saber aquilo cai tudo e provoca um grande estrondo”, revela uma advogada a O MIRANTE. A mesma sala de audiências não possui sistema de climatização, o que agrava ainda as sessões de julgamento mais longas. “No Inverno estamos sempre cheios de frio e no Verão o calor chega a ser insuportável”, conta um funcionário à saída do tribunal. Também os gabinetes dos juízes não possuem qualquer climatização. * Notícia desenvolvida na próxima edição impressa de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1351
    16-05-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1351
    16-05-2018
    Capa Médio Tejo