Sociedade | 27-03-2012 13:49

Ateneu Artístico Vilafranquense tem primeira mulher dirigente em 120 anos de história

Ateneu Artístico Vilafranquense tem primeira mulher dirigente em 120 anos de história
O Ateneu Artístico Vilafranquense tem pela primeira vez em 120 anos de história uma mulher à frente da direcção. Filipa Silva tem 27 anos, é enfermeira de profissão e tem vontade de continuar o trabalho iniciado pela anterior direcção. A casa tem uma tradição de presidentes do sexo masculino. A documentar isso mesmo estão um conjunto de fotos que forra as paredes da colectividade centenária. “Os meus amigos dizem a brincar que vou ter que arranjar um bigode”, diz com humor Filipa Silva enquanto vai abrindo as portas de uma casa que conhece desde os cinco anos de idade. As eleições dos novos corpos sociais do Ateneu realizaram-se na noite de sexta-feira, 23 de Março. A lista única apresentada acabou por ser aprovada com larga maioria mas antes a polémica instalou-se devido às dúvidas lançadas pelo facto da direcção ser maioritariamente composta por gente jovem, estar ligada sobretudo à secção de teatro e não ter programa definido. Filipa Silva explicou a O MIRANTE que nos tempos difíceis que se vivem não faz sentido deixar no ar promessas vãs que não sabem se conseguirão cumprir. “O nosso objectivo é continuar o trabalho da anterior direcção que é muito meritório. Queremos antes de mais estudar com rigor a situação do Ateneu”, atestou. * Reportagem completa na próxima edição.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Médio Tejo