Sociedade | 01-05-2012 17:15

Moradores de Boleiros fartos de viver no “inferno”

Moradores de Boleiros fartos de viver no “inferno”
Odete Martins nunca pensou que um dia viria a arrepender-se de regressar à sua terra natal, Boleiros, na freguesia de Fátima (concelho de Ourém), para viver a sua reforma. Mas foi o que aconteceu. O pó que circula no ar, o barulho das pedreiras a laborarem e os camiões a circularem na localidade tornam a vida impossível para quem ali mora. “Tirem-nos deste inferno”, apela sem conseguir conter as lágrimas.Odete Martins foi uma das seis habitantes de Boleiros que foram à última sessão da Assembleia Municipal de Ourém protestar contra a laboração das várias pedreiras junto aquela localidade da freguesia de Fátima. Os moradores garantem que estão a falar por toda a população que só não esteve presente em peso devido à hora a que se realizou a assembleia (17h00).Odete Martins recorda que Boleiros era a melhor localidade da freguesia de Fátima para viver. “A lagoa de Boleiros era um paraíso, o nosso passeio aos domingos. Agora não está lá nada, roubaram-nos tudo. Depois admiram-se que as pessoas fujam das suas terras. Não nos dão condições para lá vivermos”, acusa, emocionada.NOTÍCIA DESENVOLVIDA NA EDIÇÃO SEMANAL DE 3 DE MAIO

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1359
    11-07-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1359
    11-07-2018
    Capa Médio Tejo