Sociedade | 02-05-2012 17:04

Desentendimento entre taxistas acaba aos tiros

O desentendimento entre dois taxistas na praça de táxis do Cartaxo fez com que um deles disparasse um tiro, sem atingir o outro. Tudo se passou à hora de almoço de sexta-feira, 27 de Abril. Contou fonte a O MIRANTE que a situação foi espoletada por um desentendimento à entrada da praça de táxis. O taxista que chegou buzinou para o colega que estava parado, que terá pensado que era para chegar com o carro à frente. Quando este quis adiantar o carro, o outro taxista atravessou-se com a sua viatura, tendo a situação originado empurrões com ambos a travarem-se de razões. “O taxista que disparou na direcção do colega foi buscar o revolver ao carro. A bala passou-lhe junto à cabeça. Ele ainda ameaçou dar outro tiro mas foi impedido por outro colega taxista”, conta fonte que presenciou a cena, passada na praça de táxis, junto ao Centro Cultural do Cartaxo e nas imediações da junta de freguesia e do tribunal. Fonte da PSP indica que o revólver do autor do disparo está legal e que se apurou que efectuou apenas um disparo para o ar. Ainda assim, a arma foi apreendida e o caso foi entregue à Polícia Judiciária, onde decorre o inquérito, tendo os dois homens já sido ouvidos.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1369
    20-09-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1369
    20-09-2018
    Edição Vale Tejo