Sociedade | 06-05-2012 10:32

Congressistas levam tigela de casa para poupar uns trocos

Congressistas levam tigela de casa para poupar uns trocos
Grande parte dos participantes do Congresso da Sopa, que O MIRANTEencontrou no sábado, 5 de Maio, no Mouchão Parque, em Tomar, foram munidos com a tigela, colher e copo de casa, poupando três euros noingresso uma vez que dispensaram a compra do kit. A iniciativa, esteano co-organizada pela Câmara Municipal de Tomar e pela DelegaçãoNorte do Turismo de Lisboa e Vale do Tejo, levou mais de mil pessoasao recinto, que não tiveram outro remédio senão o de se abrigar debaixo da tenda de 600 metros quadrados que foi montada para abrigar restaurantes e congressistas da chuva que começou a cair exactamente ao meio-dia e meia, hora de início do congresso que vai já na sua 19.º edição.Apesar da adversidade climatérica, os presentes puderam provar 39variedades de sopas entre as quais se encontraram nomes originais taiscomo a sopa de galifão, sopa de corno, sopa de couves doidas ou sopada sogra. De acordo com a vereadora do Turismo da Câmara de Tomar,Rosário Simões, a ideia de possibilitar que os congressistas pudessemtrazer utensílios de casa surgiu por causa da crise e acabou por resultar a dobrar uma vez que fortaleceu o espírito do evento, podendo esta novidade prevalecer em futuros congressos.* Reportagem desenvolvida na próxima edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1359
    11-07-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1359
    11-07-2018
    Capa Médio Tejo