Sociedade | 09-05-2012 09:18

Santarém declara a tauromaquia como património cultural imaterial

O executivo da Câmara de Santarém aprovou por unanimidade a declaração da tauromaquia como património cultural imaterial do município, à semelhança do que tem vindo a acontecer com outras autarquias, por sugestão da Secção de Municípios com Actividade Taurina da Associação Nacional dos Municípios.“A tauromaquia assume, no município de Santarém, uma muito relevante importância cultural, social e económica”, lê-se na fundamentação da proposta defendida pelo vereador António valente (PSD), onde se recorda que no concelho existem duas das mais prestigiadas e antigas ganadarias e o mais antigo grupo de forcados amadores. Além disso Santarém foi berço de várias figuras da festa brava ao longo dos tempos e os eventos taurinos fazem há muito parte da tradição popular.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1359
    11-07-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1359
    11-07-2018
    Capa Médio Tejo