Sociedade | 11-05-2012 14:46

Mau ambiente entre músicos leva maestro da SFUS a demitir-se

Alegadas divergências e mau ambiente entre os músicos foi o motivo apontado pelo maestro Moreira da Silva, da banda filarmónica da Sociedade Filarmónica União Samorense (SFUS), de Samora Correia, concelho de Benavente, para apresentar a demissão no passado dia 28 de Abril. Os músicos e os dirigentes mostraram-se surpreendidos com o anúncio logo depois de um concerto da banda no Centro Cultural de Samora Correia.Segundo o presidente da SFUS, José da Avô, o maestro justificou-se com “a deterioração do ambiente entre os músicos da banda e que tinha deixado de sentir prazer em vir ensaiar”.Três professores de música que leccionavam na SFUS os instrumentos de clarinete, tuba e percussão e que eram da confiança do maestro também apresentaram a sua demissão.A colectividade já conseguiu contratar dois novos professores e aguarda pela resposta de um terceiro. O novo maestro vai ser apresentado hoje, 11 de Maio, na sede da SFUS, pelas 21h30.Notícia desenvolvida na próxima edição impressa de O MIRANTE

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1360
    19-07-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1360
    19-07-2018
    Capa Vale Tejo