Sociedade | 13-05-2012 09:39

Ministro garante apoio à construção de lar da APPACDM no Cartaxo

A Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão deficiente Mental (APPACDM) de Santarém vai receber apoio da Segurança Social para os 17 utentes do futuro Lar residencial e Residência Autónoma, no Cartaxo, cuja obra recebeu sexta-feira, 11 de Maio, a visita do ministro da Solidariedade e Segurança Social.Pedro Mota Soares anunciou, durante a visita à obra da Casa João Manuel, que deverá estar concluída até ao final do ano, o apoio da Segurança Social para os futuros utentes.“Foi uma boa notícia. Era para nós uma preocupação, porque são pessoas que não têm possibilidades de pagar o verdadeiro custo”, disse à agência Lusa o presidente da Associação de Pais e Amigos do Cidadão com Deficiência Mental (APPACDM) de Santarém.A Casa João Manuel destina-se a pessoas deficientes sem suporte familiar e terá duas vertentes, um lar residencial, com 12 camas, para dependentes, e uma residência para cinco pessoas que, embora com necessidades especiais, são autónomos e independentes, estando inseridas no mercado de trabalho ou em centros de actividades ocupacionais.O Governo comparticipa a obra, orçada em 800.000 euros (incluindo mobiliário e equipamento), com 540.000 euros, tendo a instituição em curso uma campanha para angariação de fundos que ajudem a suportar o valor restante.* Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1369
    20-09-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1369
    20-09-2018
    Edição Vale Tejo