Sociedade | 14-05-2012 07:15

Assaltante das portagens da A1 conhece hoje acórdão do tribunal

O Tribunal de Vila Franca de Xira profere hoje a leitura do acórdão ao homem envolvido no assalto às portagens da Auto-estrada do Norte (A1) em Santarém, em 2008, e que está a ser julgado por condução perigosa e condução sem habilitação legal.O arguido, de 24 anos, já foi condenado, num processo à parte, a três anos e meio de prisão efectiva pelo assalto à mão armada das portagens da A1 em Santarém, na noite de 08 de Novembro de 2008, e está actualmente a cumprir a pena num estabelecimento prisional de Sintra.No despacho de acusação, a que a Agência Lusa teve acesso, durante a fuga, o motociclo onde seguiam os dois suspeitos embateu numa viatura da GNR, que tentavam ultrapassar. O jovem que seguia atrás na moto acabou por ser atropelado mortalmente por outro carro patrulha.No decurso da fase de instrução, foram arquivados os autos relativos aos soldados da GNR envolvidos nos acidentes, relativamente à prática dos crimes de homicídio por negligência e de ofensas à integridade física por negligência.Nas alegações finais, o magistrado do Ministério Público (MP) deixou cair a acusação do crime de falsificação de documento, porque não ficou provado que foi o arguido quem colocou uma matrícula falsa na moto usada no assalto. O MP não pediu uma pena concreta, mas apelou a que o colectivo de juízes aplique uma pena justa.Por seu lado, a advogada do homem defendeu a aplicação de uma pena de multa ou de uma pena de prisão, suspensa na sua execução, pelos crimes de condução sem habilitação legal e de condução perigosa, que o seu cliente confessou no decorrer do julgamento.A leitura do acórdão está agendada para esta segunda-feira, às 14h00, no Tribunal de Vila Franca de Xira.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Médio Tejo