Sociedade | 22-05-2012 06:43

Dono do barco que avariou no Tejo vai organizar outra viagem gratuita

O proprietário do barco de recreio Castro Júnior, da empresa Transtróia, vai organizar outra viagem para os cerca de 50 passageiros da Figueira da Foz que tiveram de ser evacuados no sábado, 19 de Maio, na Castanheira do Ribatejo, concelho de Vila Franca de Xira. Uma avaria mecânica na bomba que leva o gasóleo ao motor obrigou à paragem do barco e ao resgate dos passageiros por várias corporações de bombeiros do concelho de Vila Franca de Xira. Registaram-se algumas baixas de tensão e ansiedade no grupo da terceira idade.Os tripulantes entraram no barco por volta do 12h00 no cais de Vila Franca de Xira, mas a viagem em direcção à ponte das Lezírias, localizada no concelho de Benavente, parou logo após 20 minutos, na Castanheira do Ribatejo. O responsável da embarcação não avisou logo os tripulantes na tentativa de conseguir resolver o problema. “Servimos até o almoço, mas como não estávamos a conseguir resolver o problema e por uma questão de precaução resolvemos pedir ajuda aos bombeiros”, explica Carlos Almeida. O alerta só chegou ao comandante dos Bombeiros Voluntários de Vila Franca de Xira, Elviro Passarinho, por volta das 14h00.Notícia desenvolvida na próxima edição impressa de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1369
    20-09-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1369
    20-09-2018
    Edição Vale Tejo