Sociedade | 24-05-2012 01:48

Ovelhas abandonadas e em decomposição revoltam moradores de Marinhais

Ovelhas abandonadas e em decomposição revoltam moradores de Marinhais
Um rebanho de ovelhas deixadas ao abandono, cheias de fome e sede, está a indignar moradores de Marinhais, concelho de Salvaterra de Magos. A morte de uma ovelha que está a apodrecer dentro da cerca há mais de quatro dias foi a gota de água. Os moradores não aguentam mais ver o estado lastimoso em que se encontram os animais e temem pela sua saúde.O problema arrasta-se desde Setembro do ano passado, altura em que o dono do terreno resolveu colocar lá cerca de 10 ovelhas. Os vizinhos começaram a reparar que os animais só eram alimentados uma vez por semana e o pasto dentro da cerca rapidamente acabou.Segundo os moradores, o dono não mora na freguesia e só costuma vir à sua propriedade uma vez por semana. Este fim-de-semana morreu uma ovelha que se encontra num estado de decomposição avançado, ao lado de outros animais vivos, e continua no local por remover. O cheiro insuportável chega às casas mais próximas. * Notícia desenvolvida na próxima edição impressa de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1376
    07-11-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1376
    07-11-2018
    Capa Vale Tejo