uma parceria com o Jornal Expresso
29/03/2017
30 anos do jornal o Mirante
Assine O Mirante e receba o jornal em casa
Sociedade | 28-08-2012 13:15
Instalação de linha de muito alta tensão em Adanaia está suspensa
A instalação de uma linha de muito alta tensão em Adanaia, freguesia de Calhandriz, concelho de Vila Franca de Xira, está suspensa. O processo foi travado porque o proprietário de uma casa que fica nas imediações do traçado reclamou na última reunião do executivo. Nem a presidente de câmara nem o presidente da junta tinham conhecimento do traçado, recentemente alterado.A informação estava só na posse da Agência Portuguesa do Ambiente que já tinha dado parecer favorável. O processo seguiria para a Direcção Geral de Energia.A linha de muito alta tensão estava projectada para passar sobre os terrenos da Quinta do Bulhaco, na vizinha freguesia de São João dos Montes, mas porque o espaço está classificado como imóvel de interesse público o IGESPAR não autorizou e a REN alterou o trajecto cumprindo a lei.O vizinho que semeia o campo de milho já tinha avisado que ali passaria uma linha mas António Claré, 63 anos, morador na Rua da Ponte Velho só acreditou quando viu duas equipas fazerem marcações no terreno."Com tanto espaço vazio tinham que passar por cima da minha varanda", diz inconformado o morador. A câmara pediu a suspensão dos trabalhos e foi realizada na terça-feira uma reunião com elementos da REN, "disponível para colaborar com as entidades envolvidas", representantes da câmara, junta de freguesia e com o morador. A linha de muito alta tensão poderá passar no corredor do TGV, que está também previsto para o local, do outro lado da rua, já fora de área urbana, caso a REFER autorize. O traçado da linha de muito alta não sobrepassa nenhuma habitação, embora a lei portuguesa o permita desde que garantida a segurança. Os postes serão colocados a 40 metros do solo. Quando o estudo de impacte ambiente para a obra se iniciou, em 2009, o novo Plano Director Municipal ainda não estava aprovado e a zona onde passa a linha não estava classificada como área urbana, tal como está . A linha dupla de 400 kilovoltes estende-se desde a Marateca até à sub-estação de Fanhões e tem 90 quilómetros de comprimento. A terceira travessia do Tejo tem como objectivo reforçar a segurança da rede em toda a área de Lisboa e Península de Setúbal.
Comentários
Mais Notícias
    A carregar...
    Edição Semanal
    Edição nº 1291
    23-03-2017
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1291
    23-03-2017
    Capa Vale Tejo