Sociedade | 02-01-2013 09:49

Santuário continua a reter valor do IVA da obra do túnel em Fátima

Mesmo depois da obra do túnel na Avenida D. José Alves Correia da Silva, em Fátima, estar concluída e do túnel já ter sido aberto ao trânsito, o pagamento da obra continua no mesmo impasse. O Santuário de Fátima, responsável pela obra, comprometeu-se _ no protocolo assinado com a Câmara de Ourém - a transferir para o município os fundos comunitários destinados a comparticipar a construção do túnel. O problema é que, segundo a autarquia, o santuário não está a cumprir a totalidade do acordo, retendo 23 por cento das verbas correspondentes ao IVA da obra.A obra que foi candidatada ao QREN (Quadro Referência Estratégico Nacional) tem um investimento total de cerca de 16 milhões de euros que será suportado por fundos comunitários, pela autarquia e pelo Santuário de Fátima. No protocolo assinado entre município e Santuário ficou acordado que o Santuário ficaria responsável pela obra do túnel (com um custo na ordem dos 10 milhões de euros) enquanto a autarquia se responsabilizava pelas obras na avenida. O presidente da Câmara de Ourém, Paulo Fonseca (PS), referiu que estão a tentar resolver o assunto com o Santuário de Fátima.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo