Sociedade | 04-01-2013 07:57

Sorrisos da Lezíria nasce em Benavente para ajudar os mais carenciados

Um projecto de solidariedade social juntou cinco pessoas numa garagem do Porto Alto para começarem a ajudar os que mais precisam. Ana, Isabel, Lizete, António e Isaura, com idades compreendidas entre os 28 e 53 anos, e todos moradores no concelho de Benavente, estão já a ajudar 10 famílias da terra e a dar apoio a outras da região. O encerramento de muitas empresas no concelho está a atirar muita gente para situações de pobreza e já existem pessoas que estão a vender a própria mobília para pagarem a renda.Os cinco estavam já ligados a outros projectos de solidariedade, quando decidiram criar em Dezembro um projecto no concelho de Benavente devido ao crescente número de casos de novos carenciados que iam testemunhando. “Está muita gente desempregada devido ao fecho de muitas empresas. Pessoas que nunca se viram numa situação destas, que já andam a vender a própria mobília para conseguirem pagar a renda”, explica Ana Sequeira.O grupo conta aliás com dois desempregados, o casal Isabel e António que enquanto não arranja emprego, canaliza o tempo livre para ajudar quem mais precisa. A gratidão ou o sorriso com que deixam muita gente que ajudam é o principal motivador do grupo. O objectivo passa por doarem roupas, mobília e alimentação às famílias sinalizadas uma vez por mês. O “Sorrisos da Lezíria” não actua apenas em Benavente, e quer ter uma abrangência o mais alargada possível na região. Esperam cruzar informações para não serem enganados por quem realmente não precisa ou já recebe ajudas de outros lados. “Em primeiro lugar ajudamos sempre, mas depois vamos saber”, avisa Isabel.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Médio Tejo