Sociedade | 13-01-2013 01:38

Três cantinas sociais apoiam dez famílias de Tomar

Desde Setembro de 2011 que funcionam no concelho de Tomar três cantinas sociais nas freguesias de Casais Paialvo e Olalhas, apoiando um total de 24 pessoas (16 adultos e 8 crianças) que correspondem a dez famílias. De acordo com a vereadora da Acção Social de Tomar, Rosário Simões (PSD), falta apenas abrir uma cantina social na cidade, que está prevista no protocolo estabelecido com a Segurança Social. Ao contrário do que muitos pensam, as cantinas sociais não são um refeitório físico mas apenas uma terminologia para uma medida que se insere no Programa de Emergência Alimentar (PEA) que tem o objectivo de garantir o acesso a refeições diárias gratuitas às famílias que mais necessitam. “Efectivamente, a pessoa não toma a refeição na instituição. Ou vai buscá-la num sitio previamente combinado (num ponto de encontro) ou vão entregá-la a casa caso integre o percurso que fazem no habitual apoio domiciliário porque não pudemos pedir às instituições que suportem custos acrescidos com este serviço social”, esclarece a responsável.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Vale Tejo