Sociedade | 14-01-2013 00:24

Memórias de vida e trabalho expostas na antiga escola primária de Arcena

O museu etnográfico da Casa do Povo de Arcena, Alverca, concelho de Vila Franca de Xira, abriu portas aos visitantes na tarde de 6 de Janeiro depois de obras profundas que vão permitir conservar em melhores condições o seu vasto espólio. O museu nasceu nas antigas instalações da escola primária e reúne no seu acervo uma colecção que permite dar a conhecer ao público as vivências tradicionais da população de Arcena até meados do século XX.Ao todo foram investidos 17 mil euros na reparação do telhado, pintura exterior do edifício e arranjo de casas de banho, verba suportada pela Câmara Municipal de Vila Franca de Xira e pela Casa do Povo. No interior do espaço é possível conhecer memórias de outros tempos através de fotografias, trajes, máquinas de trabalho e loiças de outras épocas. Um espólio que tem vindo a ser recolhido e preservado ao longo dos anos pela Casa do Povo. "O espaço já tinha sido inaugurado em Maio mas depois verificou-se que haviam mais obras a fazer. Já conseguimos fazer um protocolo com as autarquias no sentido de as escolas do concelho nos poderem visitar e descobrirem como era a vida antigamente em Arcena e no concelho", explica a O MIRANTE João Pereira, da Casa do Povo de Arcena. À excepção da abertura simbólica feita no último domingo, o museu abrirá as suas portas mediante marcação prévia de instituições e particulares.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo