Sociedade | 15-01-2013 06:07

Tribunal de Vila Franca absolve suspeitos de roubo

Dois homens, com idades entre os 28 e os 20 anos, foram absolvidos pelo colectivo de juízes do tribunal de Vila Franca de Xira do crime de roubo e violência depois da subtracção. A decisão é justificada em acórdão com o facto do tribunal não ter conseguido apurar, com o “grau de certeza necessário”, se os arguidos praticaram ou não os factos de que vinham acusados pelo Ministério Público. Por esse motivo o tribunal optou pela aplicação do princípio dubio pro reu, que estabelece que na decisão de factos incertos a dúvida favorece o arguido. Por esse motivo os dois homens acabaram absolvidos. Os factos remontam a Julho de 2011, quando pelas 22h00 os dois arguidos viajavam de carro na rua João de Deus em Arruda dos Vinhos. Ao avistarem um casal que caminhava pela rua os dois homens eram acusados de terem começado uma conversa para roubar 20 euros em dinheiro e o telemóvel de uma das vítimas.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Vale Tejo