Sociedade | 24-01-2013 00:08

Rio Maior aposta em desfile de Carnaval nocturno para atrair foliões e animar bares

“Carnaval do Rio”, um desfile nocturno com o envolvimento dos bares da cidade, será o ponto alto dos festejos carnavalescos em Rio Maior, cuja câmara apresentou hoje um programa que pretende atrair mais de quatro mil espectadores.“Este Carnaval tem três momentos altos, dos quais o ‘Carnaval do Rio’ é aquele que tem maior participação, prologando-se noite fora, com o envolvimento dos bares”, disse à agência Lusa a presidente da Câmara Municipal de Rio Maior, Isaura Morais.A tradição de brincar ao Carnaval, abandonada no município há vários anos, renasceu em 2011, “pela mão do actual executivo”, que, segundo Isaura Morais, pretende “proporcionar desfiles e divertimento à população e, gradualmente, ir também atraindo pessoas dos concelhos vizinhos”.O Carnaval de Rio Maior inicia-se, "como habitualmente", com o desfile escolar, envolvendo 1.350 crianças dos jardins-de-infância e escolas do primeiro ciclo do concelho.Este ano, segundo a autarca, com uma novidade: a passagem do cortejo infantil para as 10:00 de sexta-feira (dia 08 de Fevereiro), “por determinação da Direcção Regional de Educação, para evitar prolongamentos de horários de alunos e professores”.Na noite de sábado, realiza-se o “Carnaval do Rio”, um desfile nocturno de carros alegóricos e grupos apeados que animam a Avenida João Ferreira da Maia, no centro da cidade, e que o ano passado atraiu, segundo a câmara, entre 3.500 a quatro mil espectadores.“Este ano queremos alargar esse número”, admite Isaura Morais, elogiando o trabalho desenvolvido por bares, juntas de freguesia e associações do concelho no certame que pretende “contribuir para dinamizar o tecido económico local”.A imaginação e originalidade dos foliões na confecção das roupas e dos carros serão, no final dos desfiles, premiadas por um júri que escolherá os três melhores carros e os três melhores grupos apeados, atribuindo prémios monetários entre os 125 e os 450 euros, no primeiro caso, e entre os 50 e os 150 euros, no segundo.A este corso vão juntar-se, no domingo e terça-feira de Carnaval, dois outros, organizados pela Comissão de Melhoramentos da Asseiceira.O renascido Carnaval de Rio Maior está, segundo a presidente da câmara, “a despertar o bairrismo das freguesias”, que rotativamente, e por ordem alfabética, escolhem entre os seus habitantes os reis da folia.Este ano cabe a Arrouquelas escolher os monarcas do Carnaval, em que a autarquia investiu 3.800 euros, menos 450 euros que o ano passado, mas sem que o corte se reflicta “no entusiasmo e empenho na preparação para que tudo corra pelo melhor, apesar do perigo que este inverno rigoroso pode representar para os desfiles”, concluiu Isaura Morais.Os desfiles são gratuitos.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo