Sociedade | 26-01-2013 00:03

Sino de Vaqueiros toca a rebate contra a agregação da freguesia

O sino da igreja de Vaqueiros vai tocar a rebate pelas 15h00 de domingo, 27 de Janeiro, para reunir a população numa jornada de solidariedade com a freguesia, cuja anexação foi confirmada com a promulgação pelo Presidente da República da lei de reorganização administrativa territorial autárquica que vai levar à agregação de centenas de freguesias em todo o país.“À boa maneira antiga, um sino da torre também secular tocará a rebate para juntar a população pois está em perigo a vivência democrática da população e a perda do património, entre outros, estando prevista a anexação à freguesia de Casével sem que para o efeito a população ou os órgãos da freguesia fossem ouvidos”, diz o presidente da Junta de Freguesia de Vaqueiros, Firmino Oliveira em nota enviada para as redacções.O autarca, acérrimo adversário dessa medida governamental, recorda que Vaqueiros é uma freguesia pequena mas com serviços de apoio social imprescindíveis à população situada a 25 km da sede de concelho, Santarém. A concentração da população está marcada para o anfiteatro ao ar livre no centro da aldeia, junto à sede da junta e a igreja matriz.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo